7 Plantas ideais para Iniciantes

No artigo anterior uma das dicas aos iniciantes foi a busca de informações sobre as melhores plantas para sua casa.

 

A dica é válida, mas se você ainda está um pouco perdido(a), neste artigo apresento algumas plantas fáceis de cultivar com sucesso.

 

Suculentas

As suculentas são plantas perfeitas para aquelas pessoas esquecidas, porque se faltar água ela não vai sofrer muito, devido ao seu sistema próprio de armazenagem, que possibilita que ela viva mais tempo em ambientes secos.

 

Uma boa média é uma rega por semana no verão e a cada 15 dias no inverno.

 

Rosa de pedra

Rosa de pedra echeveria suculenta

Nome científico: Echeveria elegans

 

A Echeveria é nativa das regiões desérticas do México e América do Norte e aprecia solos bem drenados, mas com matéria orgânica. Pode receber sol direto o dia todo ou somente em parte do dia.

 

Através das folhinhas dela você pode gerar muitas mudas, pois somente deitando a folha avulsa sobre a terra, ela começa a brotar em pouco tempo.

 

Bálsamo

balsamo sedum suculenta medicinal

Nome científico: Sedum dendroideum

 

O bálsamo é uma planta muito rústica, também nativa das regiões desérticas da América do Norte e pode ser cultivada a pleno sol ou meia sombra.

 

O solo deve possuir matéria orgânica e também ser bem drenado, pois o excesso de água pode provocar apodrecimento das raízes das plantas suculentas em geral.

 

O bálsamo possui largo uso como planta medicinal, principalmente para alívio de queimaduras, infecções de pele e inflamações.

 

Onze-horas

Portulaca onze horas suculenta

Nome científico: Portulaca grandiflora

 

Suculenta nativa do Brasil, Argentina e Uruguai, famosa por abrir suas flores no período mais quente do dia.

 

Pode ser encontrada em diversas cores e tende a perder o vigor com o tempo. Entretanto, é muito fácil fazer novas mudas através de seus ramos.

 

Prefere solos bem drenados e férteis.

 

Pode ser regada com uma frequência maior do que as demais suculentas, evitando molhar os botões e flores.

 

 

Herbáceas anuais e bianuais (bienais)

As herbáceas anuais e bianuais são plantas de caule macio, de porte pequeno (nunca acima de 1-2 metros), normalmente possuem um crescimento mais rápido e vão perdendo o vigor ao longo do tempo, devendo ser substituídas.

 

Podemos aproveitar aquelas que geram sementes ao final de seu ciclo, para produzir novas mudas.

 

Zínia

Zinia flor herbacea anual

Nome científico: Zinia elegans

 

A zínia floresce com força no verão e apresenta flores vistosas de diversas cores, como amarelo, rosa, branco, creme e laranja.

 

Deve ser cultivada em sol pleno, aprecia solo fértil e regas regulares. É excelente para quem deseja atrair abelhas e borboletas para o seu jardim.

 

Manjericão

Manjericao ocimum basilicum erva medicinal

Nome científico: Ocimum basilicum

 

O manjericão é uma herbácea classificada como aromática e medicinal, sendo utilizada a milhares de anos pela humanidade devido às suas inúmeras propriedades benéficas para a saúde e também uso culinário.

 

Possui diversas variedades e deve ser cultivado em sol pleno, em solo fértil e com regas regulares.

 

 

Herbáceas perenes

As herbáceas perenes tem vida mais longa e se bem cuidadas, vivem por muitos anos.

 

Maravilha

Mirabilis jalapa maravilha

Nome científico: Mirabilis jalapa

 

A mirabilis é um arbusto com folhagem bem densa e muito florífero. As flores apresentam muitas cores e em diversas oportunidades podemos notar flores com mais de uma cor na mesma planta.

 

Um dos nomes populares é boa-noite ou bela-noite, porque as flores costumam abrir no período mais fresco do dia, iniciando no final da tarde, permanecem abertas durante a noite e seguem até a manhã.

 

Pode ser cultivada em sol pleno ou meia sombra em solo fértil e regado regularmente.

 

Pela minha experiência, em lugares muito quentes, elas vão muito bem plantadas embaixo de árvores como ornamentação e também porque não recebem o sol do período mais quente do dia, somente durante a manhã e o final da tarde.

 

Zamioculca

zamioculca-planta-sombra

Nome científico: Zamioculcas zamiifolia

 

A zamioculca é uma planta resistente, de folhagem brilhante e de crescimento lento. Ideal para locais com baixa luminosidade e como planta de interior. Não tolera cultivo em sol pleno.

 

Deve ser cultivada em solo drenável, pois é sensível ao excesso de água, mas com bastante matéria orgânica.

 

Atenção: evitar o cultivo da zamioculca em locais com animais ou crianças, pois é tóxica.

 

 

E aí, gostou das indicações?

Compartilhe com seus amigos!